29 de dezembro de 2014

Feliz Ano Novo #2015






Final de ano é a época de fazer um balanço das coisas que aconteceram ao longo do ano, ver as metas que foram alcançadas e estabelecer outras metas para o ano vindouro. 

É o momento de revermos o que fizemos de bom ao longo de 365 dias que tivemos. O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho.
É viver cada momento e construir a felicidade aqui e agora.
Claro que a vida prega peças. O bolo não cresce, o pneu fura, chove demais…
Mas, pensa só:
Tem graça viver sem rir de gargalhar, pelo menos uma vez ao dia?
Tem sentido estragar o dia por causa de uma discussão na ida pro trabalho?
Eu quero viver bem… E você? 2014 foi um ano cheio.
Foi cheio de coisas boas, mas também de problemas e desilusões.
Normal… Às vezes, se cria expectativa demais.
Normal… O ano de 2015 não vai ser diferente. Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas, e aí? Fazer o quê? Acabar com o seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?
O que eu desejo para todos nós é sabedoria. E que todos nós saibamos transformar tudo em uma boa experiência.
O nosso desejo não se realizou? Ótimo… Não estava na hora, não deveria ser a melhor coisa para esse momento.


Ingressar num novo ano é como adentrar em outra dimensão de nós mesmos. A vida que se desdobra. A porta se abre e nos brinda com o raiar de um novo dia. Cores que já estamos acostumados a ver, mas brilham de um jeito especial, diferente, porque vistas com o olhar de quem olha o verde da vida, que vai nascendo, brotando, desabrochando em recomeço. Então, olhamos para trás e despedimo-nos do ontem, do sábado e todos os dias anteriores enquanto o hoje pacientemente nos espera com os amanhãs e todos os dias que virão.



A todos os leitores e amigos desejo um Feliz 2015 repleto de realizações. 




Nenhum comentário :

Postar um comentário