25 de novembro de 2015

Como assim já é final do ano?


Se existe uma coisa que eu simplesmente amo é quando se aproxima o final do ano, logo no inicio do mês de novembro. Nesta época já costumo planejar e se preocupar com os preparativos das festas de natal e réveillon, sem contar que a maioria da minha família faz aniversário no finalzinho do ano: eu e minha irmã, em novembro, meu pai e minha sobrinha, em dezembro. Então já deu pra imaginar, né? As festas de comemoração aqui em casa seguem dos aniversários até o último dia do ano.

Esses dias comecei a pensar no que fiz e realizei durante 2015 e me perguntei: como assim já é final do ano? NOSSA! Como passa rápido! 2015 foi o ano que mais passou rápido, em todos os sentidos. Abrindo um parêntese (lembro-me que, durante a infância, o ano costumava passar bem devagarinho, como alguém que anda de jegue, e eu sempre tinha aquela ânsia e vontade que passasse mais rápido).


Mas posso, de um modo geral, dizer que valeu a pena. Na verdade, as coisas valem a pena quando nos empenhamos, nos dedicamos e persistimos e a partir daí começam a surgir os resultados.



Aprendi, errei (como todo ser humano), recomecei, refleti, troquei experiências com outras pessoas, amadureci e assim por diante. Tudo isso me fortaleceu e me trouxe uma ''baita'' (sendo bem gaúcho agora, rs) maturidade. Isso é bom!


Não sei se sou o único a ter um pensamento ''cronometrado'' de tudo, mas geralmente costumo pensar da seguinte forma: acompanho o ano conforme o passar das datas comemorativas, ou seja, penso: ''poxa, já estão pensando no carnaval do ano que vem, se ainda nem passamos pelo natal e virada de ano'', e quando percebo, já estamos perto do carnaval. Logo quando ingressei na faculdade, em 2014, tive o mesmo pensamento, que quatro anos de graduação demorariam para passar... Que nada! Lá se foram os meus 3 primeiros semestres de faculdade e no início do semestre de 2016, quando estiver no quarto semestre, poderei começar a me preocupar com o TCC.

Durante o ano também realizei vários desejos, sonhos e vontades: consegui emprego, estudei, viajei para outro estado, conheci jornalistas renomados da profissão, fiz novas amizades... Geralmente temos o costume (como bons brasileiros) de deixar tudo para a última hora. Mas, se analisarmos, precisamos aproveitar ao máximo cada dia, hora, minuto e segundo, pois a vida passa muito rápido e quando nos damos conta, tudo foi tarde demais. Nunca deixe um sonho que você quer realizar para trás, pois essa é a oportunidade de você ir em busca do que sempre sonhou. Certamente, no caminho teremos obstáculos, pedras que farão com que a gente desista... mas isso faz parte do processo para chegar no topo do sucesso de qualquer sonho. 2015 não foi só um ano tipo ''mar de rosas'', também tive dificuldades, obstáculos e esses me fortaleceram como pessoa. É importante valorizarmos o tempo que temos, para não desperdiçarmos em coisas que não nos trará evolução. É importante correr em busca de um sonho, dizer um eu te amo para aqueles que amamos e fazer aquilo que gostamos.
 


E, como um passe de mágica, 2015 já está chegando ao fim, cheio de histórias, experiências, lembranças e momentos que ficarão registrados em nossas vidas. 



E que venha o ano vindouro, cheio de coisas boas! 



Acompanhe o blog, siga:

Facebook: Blog Matheus Miranda

Instagram: @matheusmirandareal
Twitter: @blogmatoficial



Nenhum comentário :

Postar um comentário